David Cameron quer investigação à alegada viciação de resultados

REINO UNIDO...

David Cameron quer investigação à alegada viciação de resultadosPrimeiro ministro inglês quer ver esclarecido caso levantado pela BBC e pelo site BuzzFeed

David Cameron, primeiro-ministro britânico, exigiu esta segunda-feira que as alegações de viciação generalizada de resultados no ténis sejam plenamente investigadas pelos órgãos dirigentes desportivos competentes.

“O primeiro-ministro quer ver esses temas investigados por autoridades independentes. O mais importante é agir e que as autoridades independentes façam o seu trabalho”, referiu o porta-voz do governante.

A BBC e o BuzzFeed divulgaram no domingo que 16 tenistas que integraram o ‘top 50’ mundial na última década, incluindo vencedores de torneios do ‘Grand Slam’, estiveram envolvidos em jogos com resultados combinados.

“Na última década, 16 jogadores classificados nos 50 primeiros foram repetidamente assinalados pela Unidade de Integridade do Ténis (TIU) devido a suspeitas de que estariam a combinar resultados de jogos. Todos os tenistas, incluindo vencedores de ‘Grand Slams’, foram autorizados a continuar a competir”, alega a investigação conjunta da BBC e do sítio na Internet BuzzFeed News.

A cadeia de televisão britânica sustenta as alegações com o acesso a ficheiros secretos, nos quais se inclui uma investigação iniciada pela ATP, em 2007.

Num relatório confidencial para as autoridades tenísticas, em 2008, a equipa de investigação defendeu que 28 atletas deveriam ser investigados, mas as indicações nunca foram seguidas”, afiançou a BBC, indicando que três dos encontros combinados ocorreram no torneio de Wimbledon.

Segundo a investigação, os tenistas eram aliciados por sindicatos de apostas com cerca de 45.000 euros, tendo estas ilegalidades sido cometidas em torneios como Wimbledon e Rolland Garros (França).

“É profundamente preocupante que outro desporto esteja enfrentando alegações tão graves. Tal com tem acontecido em outros desportos como atletismo e futebol, quem mais sofre são os adeptos”, lamentou David Cameron, tenista amador quando estudou na universidade de Oxford.

A unidade de integridade do ténis refutou qualquer acusação de que as provas foram deliberadamente omitidas.

“A Unidade de Integridade do Ténis e as autoridades da modalidade absolutamente rejeitam qualquer sugestão de que a evidência de resultados viciados tenha sido suprimida por qualquer razão ou não estão a ser cuidadosamente investigados. Enquanto a BBC e a BuzzFeed relatam casos de há 10 anos, nos investigaremos, sempre, qualquer nova informação”, referiu o responsável da unidade, Chris Kermode.

A ATP introduziu um novo código anticorrupção em 2009 e, depois de procurar aconselhamento legal, foi informada de que violações anteriores não poderiam originar processos. No entanto, os documentos a que a estação britânica teve acesso demonstram que a TIU recebeu sucessivos alertas nos anos subsequentes sobre um terço dos jogadores já referenciados, sem que fossem tomadas quaisquer medidas.

A reportagem alega ainda que oito dos 16 tenistas sinalizados estão a disputar o Open da Austrália, que arrancou no domingo.

Fonte: DN Desporto

LIGAÇÕES RÁPIDAS

INTEGRIDADE NO DESPORTO E COMBATE À MANIPULAÇÃO DE RESULTADOS
ENTIDADES INTERGOVERNAMENTAIS ORGANIZACOES DESPORTIVAS 
ENTIDADES REGULADORAS ENTIDADES NAO GOVERNAMENTAIS
.

VISITE-NOS

Related Posts

Leave A Response

Example Skins

dark_red dark_navi dark_brown light_red light_navi light_brown

Primary Color

Link Color

Background Color

Background Patterns

pattern-1 pattern-2 pattern-3 pattern-4 pattern-5 pattern-6

Main text color